Blogger Templates by Blogcrowds

Especial - Oscar 2012 - Figurino

The Artist

Há seis anos um filme indicado na categoria principal de Melhor Filme vence como Melhor Figurino. Há seis anos que um filme importante na premiação não vence nessa categoria. O último foi O Aviador, um dos favoritos ao prêmio de Melhor Filme a vencer na categoria de vestuário. É realmente uma das mais técnicas de todas as categorias. Geralmente filmes de época que têm nos figurinos seu maior destaque vencem aqui. A Duquesa e A Jovem Rainha Vitória, vencedores recentes, por exemplo, são filmes pequenos que merecem destaque apenas nas áreas de direção de arte e figurino. Este ano, porém, o vencedor de Melhor Filme pode ser também o Melhor Figurino, algo que não acontece desde que O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei abocanhou onze Oscar, dentre os quais os dois prêmios citados. The Artist, que deve levar uma boa quantia de estatuetas para casa, tem grandes chances de vencer nessa categoria. E merece. Analisar os figurinos, esse ano, ao menos, é bem complicado. Não temos nenhum grande filme de época para termos como guia. Jane Eyre talvez é o que mais se aproxima desse estereótipo, mas parece não ter forças contra a fita de Michel Hazanavicius. 

***


Jane Eyre

A única indicação da bem cuidada produção de Cary Fukunaga pode ser laureada na noite do dia 26 de fevereiro. Não é impossível. Têm gigantes como Anonymous e The Artist pelo caminho, mas deve-se ficar prevenido: Jane Eyre tem chances. Os figurinos da fita são excelentes, bem ao estilo que a Academia gosta de premiar. Pelos croquis que você pode analisar nos dois lados desse texto, o figurino pode não ter a mesma grandiosidade dos outros indicados, mas retrata uma época com inteligência e certa dose de economia.





***


Anonymous

A fita de Roland Emmerich pode sair vitoriosa. É o trabalho mais suntuoso de todos os indicados. A direção de arte do longa é magnífica e os figurinos de um esplendor notável. Cada figurino parece ter sido pensado separadamente, do figurante ao protagonista, e isso conta, e muito, na hora do voto. Mais pesquisa, mais trabalho; isso sempre é recompensado uma hora ou outra, e um Oscar pode ser um bom reconhecimento. Anonymous pode ser preterido por ser um "figurino clichê". É um vestuário típico para a Academia, outros filmes já venceram na categoria com o mesmo estilo, com sua história acontecendo na mesma época, e isso pode tirar o "doce" da obra. O longa sobre a teoria de que Shakespeare era uma farsa só dificulta a vida do cinéfilo, e acirra a corrida dessa que parece ser uma das mais concorridas dentre as categorias técnicas. Além do mais, Anonymous ficou de fora da premiação do sindicato dos figurinistas - sua vaga ficara com Histórias Cruzadas -, e isso não conta a favor.


***


A Invenção de Hugo Cabret

A Invenção de Hugo Cabret tem seu trunfo na direção de arte, não no figurino. Até pode surpreender e vencer, mas não acredito em tal feito. Os figurinos não apresentam a dimensão de um Anonymous ou de The Artist, ainda que seja um trabalho notável. Se considerarmos o fato de que Hugo provavelmente será o maior "perdedor" da cerimônia, suas chances aqui diminuem ainda mais. Como o leitor pode atestar nas imagens aqui registradas, o figurino é, até certo ponto, simples. Trabalho de pesquisa correto e grandiosidade apenas em escala.






***




W.E. - O Romance do Século

O filme de Madonna, detonado pela crítica, conseguiu uma vaga na categoria. Não é uma injustiça, mas sua presença não faz diferença alguma no final. A briga deve estar mesmo entre os três primeiro filmes citados nesse especial, sendo assim, W.E. faz apenas figuração. Os figurinos vistos aqui são os que mais se aproximam da contemporaneidade, o que pode afastar alguns votantes que tem maior apreço por obras cujas tramas se passam alguns anos a mais nos confins da história. Um belo trabalho, mas uma indicação está mais do que suficiente.






Vence: The Artist
Pode vencer: Jane Eyre
Meu favorito: Anonymous e The Artist, nessa ordem.

Matheus Pereira

2 comentários:

Oi Matt...
Tive um tempinho e vim ver o blog aqui hehe
To adorando as materias especiais do Óscar.
To ancioso pelo novo filme do Tim Burton =)
Enfim... Parabens, adoro seu blog =)
Anonymous é um bom filme??

15 de fevereiro de 2012 00:38  

Aew, Alfredo!
Que bom que está gostando, esse ano quis abordar o Oscar de maneira diferente, e espero estar fazendo algo bom.
Anonymous é um filme ok, impecável esteticamente.
Abraço!

20 de fevereiro de 2012 02:21  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial