Blogger Templates by Blogcrowds

Papo Rápido


A essa altura é difícil separar o público entre fãs e não-fãs, afinal, quem acompanhou a série até o sexto capítulo é porque gosta e é fã. A pessoa que não gosta da série não vai começar a assistir a partir do sexto filme, ou seja, todas as pessoas que viram o sexto filme é porque gostam e acompanham a série há algum tempo. Qual pessoa em sã consciência vai começar a assistir uma série de TV a partir da terceira temporada, por exemplo? Então, creio que todos já estão habituados à história do bruxo, e as velhas apresentações e sinopses são dispensáveis. Por isso, não avaliarei o filme sob a ótica de fãs e não-fãs devido aos motivos recém citados.

Uma das primeiras coisas a serem ditas é que Harry Potter e o Enigma do Príncipe é o melhor de todos os Harry Potter. Os motivos que o tornam o melhor já foram comentados em uma crítica escrita por mim, aqui mesmo no blog, mas agora irei comentá-lo de forma mais rápida e direta, e como fã. Começando pelo quesito que mais chama atenção devido a grande mudanças: a direção. David Yates recebeu duras críticas de alguns por sua direção em "e a Ordem da Fênix", o que não discordo, afinal, Yates fez um dos piores da série, indo totalmente contra a ordem lógica das coisas: dar um passo a frente sendo melhor que o antecessor. O que Yates fez foi o contrário: retrocedeu alguns passos em relação a "e o Cálice de Fogo" e "e o Prisioneiro de Azkaban". Ainda que seu trabalho não fora desastroso (tendo em vista que o roteiro também era falho, talvez porque o habitual Steve Kloves não fora o roteirista) alguns pontos o fizeram um filme menor: esquecer alguns coadjuvantes bons, para colocar alguns sem graça e enaltecer demais a política do livro escrito por J.K. Rowling. Mas isso é passado, e em "e o Enigma do Príncipe" Yates aprende a lição e não comete os mesmo erros. Yates melhora tanto na direção do roteiro quanto na direção técnica, fazendo um dos filmes mais belos de toda a série. Notem cada quadro, cada ângulo, todos parecem uma pintura. A cena na caverna (e o fogo se abrindo em clara alusão ao Mar Vermelho e Moisés), a abertura no mundo dos "trouxas", a morte de um personagem importante, a cena em que Snape fica na frente de uma casa em chamas e o ataque à "Toca" são as melhores, excelentemente bem dirigidas além de muito, mas muito belas. Mas cada cena tem também o toque perfeito da direção de arte, uma das mais competentes da série, que merece (e muito) ser indicada ao Oscar. Outro quesito digno de indicações e prêmios é a fotografia, apesar de contar com muitos efeitos especiais e cenários virtuais, a fotografia se destaca de várias maneiras, de uma simples cena na torre de astronomia até o ataque à Toca. O elenco (tanto principal quanto coadjuvante) sofreu grande melhoria. Destaque para os veteranos: Jim Broadbent (perfeito), Michael Gambom (o melhor personagem para o melhor ator, ou vice versa) e Allan Rickman (excelente e preciso). Contando com ótimos efeitos e a volta de Kloves ao roteiro da série "Enigma" é, sem sombra de dúvidas, o melhor de todos os Harry Potter.

Obs.: O DVD duplo é muito bonito e recheado. A versão é em Widescreen, o CD 1 vem apenas com escolha de idiomas e escolha de cenas. Já o CD 2 de Informações especiais trazem um pequeno documentário sobre a vida de Rowling (altamente recomendável para os fãs, já que nesse documentário presenciamos o exato momento em que Rowling escreve a última palavra e o último ponto do último livro da série, terminando ali, toda a história do bruxo nos livros Momento impagável para quem acompanha a saga desde o princípio), trás também pequenos making-ofs que mostram os principais quesitos do filme (efeitos, maquiagem, fotografia...), cada item com um ator diferente. Trás também o extra "Responda em Um Minuto", em que cada ator tem um minuto pra falar sobre seu personagem. Há um extra exclusivo ao parque temático sobre a saga e muito mais. Vale a pena para fãs. Não é muito revelador, tirando o excelente documentário sobre a escritora. Os extras são destinados principalmente aos fãs e não a cinéfilos, o extra que fala sobre a fotografia só cita e comenta a loja dos irmãos Weasley, nada mais profundo ou revelador que agrade os cinéfilos mais exigentes. No mais, é um bom DVD, a capa é muito bonita e com ótimo acabamento. Vale a pena a compra ou locação.

Notas:
Filme: 8,5
Extras: 7,5
____________________________________________________________________

3 comentários:

O melhor HP até agora!

23 de novembro de 2009 00:02  

Eu estava relendo o capítulo "A Caverna" (é a parte que Dumbledore e HP entram na caverna onde tem a Horcrux e os monstrinhos...)do livro, e no filme ficou idêntico, adaptação fiel, cada cena, cada fala, tudo ficou igual. Porém, muita coisa boa ficou de fora...

23 de novembro de 2009 12:01  

Essa é minha cena favorita do filme! Me emociona qdo o Dumbledore salva o Harry que tá caído na água!

23 de novembro de 2009 22:02  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial