Blogger Templates by Blogcrowds

Apostas - Indicados ao Globo de Ouro 2013

 

Poucos são aqueles que ainda realmente se importam com o Globo de Ouro. Há muito já deixou de ser um termômetro para o Oscar (já foi alguma vez?) e a cada ano que passa dá mais valor ao nome e a fama dos concorrentes do que a qualidade propriamente dita. Assim, tentar acertar os indicados pela HFPA é um exercício dificílimo, já que vários fatores interferem nos votos dos membros. A bilheteria, o nome do diretor, o elenco. Vários são os detalhes, muitos vezes supérfluos, que decidem quem fica e quem sai da lista dos melhores do Globo de Ouro. De qualquer forma, vamos às apostas:

Melhor Filme - Drama

Argo
Life of Pi
Lincoln
The Master
Zero Dark Thirty

Não podemos duvidar da força de O Hobbit - Uma Jornada Inexperada, já que se trata de um blockbuster dirigido por um diretor badalado (lembre-se que Peter Jackson foi indicado por seu trabalho em King Kong). Django Unchained (Quentin Tarantino, afinal de contas), The Sessions e Beasts of the Southern Wild também têm chances. The Master é o único que pode cair destes cinco nomeados, já que se trata de um filme relativamente pesado, polêmico e que sofreu uma grande queda de sua estreia até aqui; os nomes de Paul Thomas Anderson e o grande elenco, porém, favorecem o longa.

Melhor Filme - Comédia/Musical

The Best Exotic Marigold Hotel
Les Misérables
Moonrise Kingdom
Silver Linings Playbook 
This is 40

Ted é um nome forte, e até mesmo Hyde Park on Hudson tem chances. Hope Springs é o típico filme que a associação prestigia, e não me surpreenderia caso estivesse entre os finalistas. This is 40 é aquele que pode ficar de fora. Bernie tem chances e merece uma indicação. Seven Psychopaths também não pode ser totalmente descartado. De qualquer forma, tecer apostas acerca desta categoria do Globo de Ouro pode ser um exercício desnecessário, já que a associação nunca segue um padrão para os indicados deste segmento. Muitas surpresas já aconteceram e este ano a coisa pode não ser diferente. Além disso, como muito já se debateu, a divisão de gêneros - Drama e Comédia - já não tem mais importância. Há um bom tempo o segmento de Comédia/Musical já deixou de ser lógico ou necessário, e a insistência da HFPA em continuar neste formato (uma de suas marcas) revela a cada ano uma falta de coerência nos nomeados. Todo ano há a dúvida acerca do que é Drama e o que é Comédia. Ano passado, Sete Dias com Marilyn ficou na categoria cômica, sendo que é notadamente um filme dramático. Além disso, devido a falta de títulos realmente merecedores de uma indicação, a associação resolve apontar filmes de qualidade suspeita para preencher o número de vagas que, mesmo sendo apenas cinco, parecem muitas. Uma solução seria acabar com a divisão e nomear dez filmes a cada ano, em um sistema parecido com o do Oscar. Assim, o grupo poderia indicar todas as estrelas que quisessem e não ficar preso a dois segmentos limitados.

Melhor Direção

Ben Affleck por Argo
Tom Hooper por Les Misérables
Steven Spielberg por Lincoln
David O. Russel por Silver Linings Playbook
Kathryn Bigelow por Zero Dark Thirty

A categoria dos diretores está, mais do que nos anos anteriores, acirrada. São muitos nomes bons e capazes que podem figurar na lista. Paul Thomas Anderson e Ang Lee são boas escolhas, mas a força de seus filmes não é tão grande; mesmo assim, é perfeitamente plausível que um dos dois - ou até mesmo os dois - sejam nomeados. David O. Russel pode ficar de fora para dar espaço para um destes nomes, já que dirige uma comédia e, mesmo sendo prestigiado por muita gente, tem seus inimigos e detratores na indústria; além disso, seu nome não tem o peso de um PTA ou Lee. Há alguns dias o nome de Bigelow poderia ficar de fora, mas no cenário que se configura atualmente, apostar em seu nome pode ser seguro.

Melhor Roteiro

Argo
Django Unchained
Lincoln
The Master
Silver Linings Playbook

Ainda que muitos digam o contrário, o ano de 2012 se mostrou forte se comparado a alguns anteriores. A qualidade e diversificação dos filmes é grande, e prova disso é a dificuldade de separar apenas cinco nomes para apostar nos indicados das premiações. Se em outros anos essa dificuldade aparecia devido aos poucos filmes bons e merecedores de um lugar ao Sol, este ano temos vários nomes com forte potencial para indicações. Na categoria de Melhor Roteiro, por exemplo, podem entrar Zero Dark Thirty, Moonrise Kingdom, Amour, Life of Pi, Les Misérables, The Sessions e até mesmo Looper, a surpresa do ano. Todos, pelo que se vê na atual corrida, merecem.

Melhor Ator - Drama

Denzel Washington por Flight
Anthony Hopkins por Hitchcock
Daniel Day-Lewis por Lincoln
Joaquin Phoenix por The Master
John Hawkes por The Sessions

A categoria de Melhor Ator - Drama se mostra bem definida. Os nomes que correm por fora não mostram muita força: Brad Pitt em O Homem da Máfia até tem chances, mas seus concorrentes têm campanhas sólidas e representam filmes de maior envergadura junto a HFPA, que não parece apontar para um filme "autoral", de máfia, violento e de crítica ácida e incisiva. Para se manter em um terreno seguro, com um filme inofensivo e um ator de peso, a associação provavelmente nomeará Hopkins como um dos melhores do ano.

Melhor Ator - Comédia/Musical


Jack Black por Bernie
Bill Murray por Hyde Park on Hudson 
Tommy Lee Jones por Hope Springs
Hugh Jackman por Les Misérables
Bradley Cooper por Silver Linings Playbook

É uma categoria difícil, já que os nomes disponíveis não mostram grande força. Temos duas certezas: Jackman, que por sua simpatia, nome e filme (além de talento e merecimento, claro) pode ser o vencedor no final das contas, e Cooper, que já venceu um prêmio dos críticos e tem uma campanha firme. De resto, tudo é mutável. Jack Black talvez seja o que mais mereça uma indicação (sua composição em Bernie é fantástica). Murray tem grandes chances de ser indicado. A grande dúvida é: quem ficará com a última vaga? Vários têm chances: Lee Jones pelo bom Hope Springs é apenas um deles. Sean Penn por This Must be the Place e Johnny Depp por Sombras da Noite são dois exemplos. Até Mark Wahlberg, por Ted, e Channing Tatum, por Magic Mike, podem ser nomeados!

Melhor Atriz - Drama

Emmanuelle Riva por Amour
Keira Knightley por Anna Karenina
Naomi Watts por The Impossible
Marion Cotillard por Rust and Bone
Jessica Chastain por Zero Dark Thirty

Outra categoria difícil. Quvenzhane Wallis, por Beasts of the Southern Wild, Helen Mirren, por Hitchcock, e Rachel Weisz, por The Deep Blue Sea, são nomes capazes de chegar à final. Watts e Cotillard seriam os nomes a ficar de fora.

Melhor Atriz - Comédia/Musical

Judi Dench por The Best Exotic Marigold Hotel
Meryl Streep por Hope Springs
Laura Linney por Hyde Park on Hudson
Maggie Smith por Quartet
Jennifer Lawrence por Silver Linings Playbook

É uma categoria relativamente bem definida. A "última vaga" é que pode reservar uma surpresa. Barbra Streisand (The Guilt Trip) e Leslie Mann (This is 40) podem ser indicadas.







Melhor Ator Coadjuvante

Leonardo DiCaprio por Django Unchained
Tommy Lee Jones por Lincoln
Matthew McConaughey por Magic Mike
Philip Seymour Hoffman por The Master
Robert De Niro por Silver Linings Playbook

As maiores certezas são as presenças de Hoffman e Lee Jones. DiCaprio é quase certo e De Niro pode conseguir uma vaga. Um possível nome é o de Dwight Henry de Beasts of the Southern Wild. A última vaga é uma incógnita. Alan Arkin (Argo), John Goodman (Argo e The Flight), Russel Crowe (Les Misérables), Samuel L. Jackson (Django Unchained) e Javier Bardem (Skyfall) são apenas alguns dos que podem ser indicados.

Melhor Atriz Coadjuvante

Anne Hathaway por Les Misérables
Sally Field por Lincoln
Amy Adams por The Master
Helen Hunt por The Sessions
Maggie Smith por The Best Exotic Marigold Hotel

Esta é uma categoria que deve se repetir quase que integralmente no Oscar. Os nomes provavelmente se manterão como estão. Até lá, como já comentado em um texto mais detalhado publicado aqui no blog, tudo pode mudar, e as atrizes de Les Misérables, por exemplo, podem ganhar força, ganhando uma vaga no Oscar. É possível que isso aconteça aqui mesmo, no Globo de Ouro, com duas atrizes do mesmo filme - além de Hathaway, o outro nome mais comentado é o de Samantha Barks. É difícil acreditar, contudo, que a associação deixe de fora alguém como Maggie Smith que, assim como Meryl Streep, merece prêmios mesmo sem fazer praticamente nada.
 
Melhor Trilha Sonora

Anna Karenina
The Hobbit
Life of Pi 
Lincoln
The Master

Beasts of the Southern Wild pode ficar com a vaga de The Hobbit. 

Melhor Animação

Brave
Frankenweenie
ParaNorman
Rise of the Guardians
Wreck-It Ralph

Melhor Filme Estrangeiro

Amour
The Intouchables
No
A Royal Affair
Rust and Bone

1 comentários:

Ei Matt!
Olha eu aqui de novo!
Que mês ótimo para quem curti cinema! Cheios das indicações e premiações! Falta pouquinho pros vencedores Globo de Ouro e para os indicados ao Oscar, super ansioso! Cadê suas apostas pro oscar hein? Ansioso para ver e comentar. Alias, se você tiver facebook, me mande! Abraços!

2 de janeiro de 2013 19:24  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial