Blogger Templates by Blogcrowds

Comentários - Oscar 2012

Os indicados ao Oscar deste ano polarizaram opiniões. Enquanto muitos viram grandes surpresas, outros enxergaram o velho academicismo imperando. Enquanto alguns consideram a lista uma das melhores e mais acirradas dos últimos anos, outros consideram uma compilação fraca e sem sentido. Devo declarar que gostei - e muito - dos indicados e fiquei muito surpreso com algumas indicações e alguns esquecimentos. Na verdade, há muito tempo eu não ficava tão surpreendido com os nomeados à maior celebração do Cinema. Há muito tempo, também, não vibrava ao ver nomes impossíveis serem lembrados, nomes estes que eu torcia a favor.

As Surpresas

Não se pode negar: este ano a Academia surpreendeu, para o bem ou para o mal. As surpresas não são tão surpreendentes, pois muitas delas haviam sido apontadas superficialmente em vários sites e blogs, mas não deixa de ser curioso ver alguns nomes no lugar de outros mais cotados. Algumas surpresas são mais que bem vindas (Terrence Malick e seu A Árvore da Vida), outras causam estranhamento (Tão Forte e Tão Perto numa "vaga" que poderia ser de Millenium); o fato é que este ano os cinéfilos terão muito que discutir até a premiação definitiva em fevereiro. Não se tinha favoritos antes da revelação dos indicados, e agora, com algumas reviravoltas, a coisa fica um pouco mais enevoada. Muita água ainda passará debaixo dessa ponte, resta-nos supor quem sairá vivo dessa...

As 05 maiores surpresas

01 - Terrence Malick e seu filosófico A Árvore da Vida figurar em Melhor Direção e Melhor Filme

Desde que A Árvore da Vida foi anunciado muito já bradavam: "Oscar, na certa". O filme estreou e estes clamores foram abrandados. A fita angariou algumas críticas negativas e sofreu considerável queda antes e durante e temporada de premiações, sendo lembrada em alguns eventos menos importantes. Assim, aquela certeza que todos tinham sobre a obra de Malick ser indicada caiu por terra; os cinéfilos erroneamente largaram seus argumentos e desistiram. O dia da revelação dos indicados chegou e poucos - muito poucos - esperavam ver o longa indicado nas duas mais importantes categorias da premiação. A AMPAS surpreendeu e deu chance ao filme e se diretor, provando que gosta do recluso cineasta e que, às vezes, previsões desacreditadas também podem se tornar realidade... E que não podemos duvidar de um filme com a cara do Oscar.

02 - Tão Forte e Tão Perto e Max Von Sydow figurando, respectivamente, como Melhor Filme e Melhor Ator Coadjuvante

Ninguém apostava. A palavra "ninguém" é muito forte, e usá-la é perigoso, pois não sei como estavam as apostas estrangeiras, mas pela reação geral quando a fita de Stephen Daldry foi anunciada provou que ninguém - ou quase ninguém - esperava uma indicação do filme que vem recebendo duras críticas por onde tem passado. O primeiro motivo que vem à mente para explicar a inclusão da obra na categoria principal é o fato desta ser dirigida por Stephen Daldry, que, como todos sabem, é venerado pela Academia. Mas este não foi o único fato determinante. Precisa-se atentar a alguns outros pontos: o filme conta uma história extremamente emotiva, com um evento histórico recente e marcante como pano de fundo; há aqui a boa e velha superação, que os votantes adoram homenagear; o produtor Scott Rudin tem apreço entre os membros da AMPAS; tem um elenco estrelado: Tom Hanks, Sandra Bullock, Max Von Sydow, John Goodman e Viola Davis, para citar alguns; é um filme de apelo universal, ainda que tenha em seu cerne um evento basicamente norte-americano. Como apontei no transcorrer deste texto, é uma surpresa não tão surpreendente. O mesmo se aplica à nomeação de Von Sydow. O veterano ator precisava deste reconhecimento. Não é preciso dizer que a Academia lembra-se dos veteranos temendo arrependimentos futuros. O tempo é incerto, afinal. Christopher Plummer, por exemplo, fora indicado a Melhor Coadjuvante em 2010 numa tentativa da Academia se redimir e homenagear a longa carreira do ator. Ninguém poderia prever que o velho ator entregaria outra atuação elogiável e ser favorito à estatueta dois anos depois. Está pode ser a última chance de Sydow no Oscar, assim, sua indicação também não é tão surpreendente.

03 - Demián Bichir, ator, por A Better Life

O mexicano fora indicado ao SAG, mas poucos apostavam em sua presença entre os cinco finalistas ao Oscar de Melhor Ator, "roubando" a vaga que poderia ter sido de Leonardo DiCaprio ou Michael Fassbender. Muitos apontam a indicação de Gary Oldman como surpresa, o que é errado. Oldman sempre se mostrou como forte candidato, e ainda que sua indicação estivesse ofuscada e enfraquecida, seu nome era constantemente citado em várias listas de apostas. Já Bichir não gozava de tal apreço do público ao ponto de entrar em muitas apostas.

04 - O Espião que Sabia Demais, como Melhor Trilha Sonora

Surpresa agradável. Ainda que alguns tenham apontado a trilha como possível indicada, eu não acreditava em sua nomeação. É um trabalho contido, conciso; sem floreios. Enquanto apostava em Alexandre Desplat, por seus fenomenais trabalhos em Relíquias da Morte - Parte 2 e A Árvore da Vida, John Williams, por exemplo, recém dupla-indicação

05 - Chico e Rita e Um Gato em Paris, indicados a Melhor Animação

Não é uma grande surpresa a presença destas duas animações, o fato é que se esperava filmes mais conhecidos e bem cotados aqui. Operação Presente e As Aventuras de Tintim, por exemplo, eram quase certos na categoria, mas ficaram de fora dando lugar a uma áurea mais "acadêmica" dos votantes.

Os Esquecidos

Todos Oscar tem os esnobados, os esquecidos. A maioria das vezes são injustiças, afinal, ninguém reclama quando alguém que não merece ou que não gostamos é deixado de lado; acontece que às vezes, nomes que não simpatizamos muito não entram, mas sabemos, inegavelmente, que eles eram quase certos em suas respectivas categorias. Albert Brooks, por exemplo, foi esnobado como Melhor Ator Coadjuvante. Foi esquecido? Claro, mas a indignação aqui, particularmente, é devido a aposta perdida e não pelo merecimento do ator; explico: acho que Brooks não concebeu uma atuação digna de tantas indicações a prêmios, então, a falta de seu nome entre os finalistas não me decepciona pois eu não queria que ele fosse indicado, mas sim pelo fato de que apostei nele, devido ao hype que sua atuação trazia. Já Tilda Swinton é uma ausência sentida: além de torcer pela atriz, tudo apontava para uma segunda indicação para a britânica; neste caso, a decepção é ainda maior.

Mas vamos aos maiores esquecidos deste ano:

Os 10 esquecidos

01 - Tilda Swinton, Melhor Atriz por Precisamos falar sobre o Kevin

Precisamos falar sobre o Kevin é excelente, e a atuação de Swinton é magnífica, assim, a única explicação para tal esquecimento é que a Academia não gostou do filme, achou-o muito pesado. É bem possível. Filmes polêmicos, violentos ou que tratam de tabus de forma seca, crua, muitas vezes são esquecidos pelos votantes; o fato da fita não ser norte-americana e ser realizada por pessoas relativamente desconhecidas, contou contra na hora de escolher se entrava ou saía.



02 - As Aventuras de Tintim, Melhor Animação

Muitos já tentaram explicar a ausência de Tintim na categoria de Melhor Animação. A maioria tem alegado que a captura de movimentos não é bem quista pelos votantes dessa área e que filmes puramente animados - sem qualquer tipo de captura - têm mais espaço. Pode até ser verdade, mas a ausência do longa de Steven Spielberg possivelmente se dá por outros fatores. Creio que aqui o que contou foi a preferência: Operação Presente, animação elogiada e dada como certo entre os finalistas, também ficou de fora, e é uma animação pura, sem captura. O fato de a fita natalina ter ficado de fora pode ser o mesmo de Tintim ser esquecido: haviam outros filmes "melhores" para serem indicados. O caso de o longa ser prejudicado por ser rodado por captura de movimentos (ou emoções...) é correto, mas é precipitado afirmar que este foi o único motivo que limou a divertida aventura da corrida pela estatueta.

03 - Millenium - Os Homens que não Amavam as Mulheres, Melhor Filme

Não estava muito esperançoso quanto a indicação para David Fincher, já que Hazanavicius, Payne e Scorsese não seriam esquecidos e que as outras duas vagas seriam de Allen e outro diretor qualquer (Spielberg, imaginei), mas estava convicto de que Millenium seria indicado para Melhor Filme. Ledo engano. A fita, baseada no best-seller de Stieg Larsson, não apresentava muita força no início da temporada, mas tomou gás na corrida e se mostrou firme até a revelação dos indicados. O baque veio quando o título não apareceu entre os finalistas. O que mais causa espanto é que a Academia preferiu indicar nove filmes e resolveu deixar de fora obras como Millenium, Drive e Tudo pelo Poder. Por que não arredondaram logo para dez e deram a vaga para um bom filme? É uma das coisas inexplicáveis do Oscar.

04 - Michael Fassbender, Melhor Ator por Shame

As polêmicas que circundam Shame podem tê-lo prejudicado. A fita, que conta a história de um viciado em sexo, apela para cenas pesadas que podem ter afastado muitos acadêmicos. Fassbender, que teve em 2011 o ápice de sua carreira, foi ignorado no Oscar enquanto fora lembrado em várias outras prestigiadas premiações. Ainda que os votantes possam não ter aprovado a atuação do ator, os costumes da Academia apontavam para uma indicação, já que, quando um artista concebe mais de um trabalho elogiado num ano, é bastante possível que ele seja lembrado por um deles. Fassbender esteve ótimo em Um Método Perigoso, sensacional - segundo críticas de terceiros, visto que não assisti a fita - em Shame e roubou a cena em First Class. Sem citar aparições em filmes menores, como Jane Eyre, para citar um.

05 - Project Nim, Melhor Documentário

A surpresa é extrema. Project Nim, que era tido como favorito ao prêmio (!) de Melhor Documentário, sequer foi indicado. Ninguém sabe explicar sua ausência. Em seu lugar, filmes menores e bem menos badalados tiveram seus trinta segundos de fama.





06 - Ganhar ou Ganhar, Melhor Roteiro Original

Ganhar ou Ganhar tem um roteiro soberbo e o filme é uma jóia que aos poucos vem sendo descoberta. É uma pena que a Academia o tenha esnobado, pois muitos poderiam tê-lo conhecido a partir de uma indicação...

07 - Trent Reznor & Aticcus Ross, Melhor Trilha Sonora por Millenium

Os vencedores do Oscar na categoria do ano passado eram tidos como certos entre os finalistas. O golpe da AMPAS foi duro, e a dupla ficou de fora. O pessoal que vota resolveu indicar John Williams duas vezes, ao invés de agraciar outra pessoa com uma vaga.

08 - Steven Spielberg, Melhor Direção por Cavalo de Guerra

Cavalo de Guerra não tinha prestígio suficiente para receber uma indicação aqui, mas Spielberg merecia uma lembrança, já que seu Tintim fora esquecido. A última indicação do Midas fora em 2006, pela obra-prima Munique.

09 - Alexandre Desplat, Melhor Trilha Sonora por Harry Potter e as Relíquias da Morte e A Árvore da Vida

Desplat fez um trabalho magnífico em Relíquias da Morte, e, além de lembrar o trabalho do artista, seria uma bela foram de homenagear as - ótimas - trilhas de toda a série. Além disso, o compositor merecia uma lembrança por A Árvore da Vida. Não escolher um ou outro, deixando um deles de fora, tudo bem; mas renegar os dois títulos é imperdoável.

10 - Leonardo DiCaprio, Melhor Ator por J. Edgar

A indicação de DiCaprio não era tão sólida como muitos alardeavam pouco antes da revelação da lista oficial. Que o ainda jovem ator tinha chances era inegável, o fato é que muitas feras lutavam pela vaga e Leonardo acabou ficando de fora.


Matheus Pereira

6 comentários:

Concordo plenamente!!!
Tilda Switon e As Aventuras de Tin Tin mereciam indicações.
O que seria do Óscar sem suas injustiças hahaha
No geral, eu gostei. Acho que este ano os premios serão divididos para vários filmes, pois este ano cada um mostrou ser bom em determinadas categorias. Que venha o dia da premiação!!!!

27 de janeiro de 2012 13:21  

Aaê!!! O blog terá um Bolão do Óscar 2012??

27 de janeiro de 2012 13:24  

Olá, Alfredo!

Acho que esta edição do Oscar será a mais heterogênea dos últimos anos, com grande diversificação entre os vencedores...

Sobre o Bolão, é provável que não aconteça. Eu farei minha lista com minhas apostas e a publicarei aqui, mas um Bolão envolveria um grande número de pessoas envolvidas, o que pode não acontecer...

Abraço!

27 de janeiro de 2012 19:30  

Hum...
Entendi. Hehehe =)
Tuudo bem. Amanhã eu finalmente assisto ALBERT NOBBS!!!

27 de janeiro de 2012 23:24  

Sobre o A Cerimonia do Oscar 2012:
- Acho quem deve ganhar de Melhor Filme é: Cavalo de Guerra
-acho quem deve ganhar de Melhor Diretor é: – Terrence Malick por A Árvore da Vida
-acho quem deve ganhar de Melhor Ator é: – George Clooney por Os Descendentes
-acho quem deve ganhar de melhor Atriz é: – Michelle Williams por Sete Dias com Marilyn
-acho quem deve ganhar de melhor ator coadjuvante é: – Christopher Plummer por Toda Forma de Amor
-acho quem deve ganhar de melhor atriz coadjuvante é: – - Bérénice Bejo por O Artista
- acho quem deve ganhar de Melhor Filme da Animação é: O Gato de Botas
- acho quem deve ganhar de melhor filme de língua estrangeira é: – Bullhead
- acho quem deve ganhar de melhor roteiro original é: — Woody Allen por Meia-Noite em Paris
- acho quem deve ganhar de melhor roteiro adaptado é: – - Steven Zaillian, Aaron Sorkin, Stan Chervin por O Homem que Mudou o Jogo
-acho quem deve ganhar de melhor figurino é: — A Invenção de Hugo Cabret
-acho quem deve ganhar de melhor maquiagem é: – - Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
-acho quem deve ganhar de melhor Montagem é: – – A Invenção de Hugo Cabret
-acho quem deve ganhar de melhor efeitos visuais é: — – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
-acho quem deve ganhar de melhor fotografia é: — A Árvore da Vida
-acho quem deve ganhar de melhor Edição de som é: – Transformers: O Lado Oculto da Lua
-acho quem deve ganhar de melhor canção original é: — Rio (pela canção Real in Rio)
acho quem deve ganhar de melhor Direção de arte é: — – Cavalo de Guerra
-acho quem deve ganhar de melhor ducuméntário é: — – If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front
-acho quem deve ganhar de melhor Trilha Sonora original é: – As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne
-acho quem deve ganhar de Melhor Curta-metragem de Animação é: – Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore, The
-acho quem deve ganhar de melhor mixagem de som é: – Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres

1 de fevereiro de 2012 22:36  

Sobre o A Cerimonia do Oscar 2012:
- Acho quem deve ganhar de Melhor Filme é: Cavalo de Guerra
-acho quem deve ganhar de Melhor Diretor é: – Terrence Malick por A Árvore da Vida
-acho quem deve ganhar de Melhor Ator é: – George Clooney por Os Descendentes
-acho quem deve ganhar de melhor Atriz é: – Meryl Streep por a Dama de Ferro
-acho quem deve ganhar de melhor ator coadjuvante é: – Christopher Plummer por Toda Forma de Amor
-acho quem deve ganhar de melhor atriz coadjuvante é: – – Octavia Spencer por “Histórias Cruzadas”
- acho quem deve ganhar de Melhor Filme da Animação é: O Gato de Botas
- acho quem deve ganhar de melhor filme de língua estrangeira é: – Bullhead
- acho quem deve ganhar de melhor roteiro original é: — Woody Allen por Meia-Noite em Paris
- acho quem deve ganhar de melhor roteiro adaptado é: – – Steven Zaillian, Aaron Sorkin, Stan Chervin por O Homem que Mudou o Jogo
-acho quem deve ganhar de melhor figurino é: — A Invenção de Hugo Cabret
-acho quem deve ganhar de melhor maquiagem é: – – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
-acho quem deve ganhar de melhor Montagem é: – – O Artista
-acho quem deve ganhar de melhor efeitos visuais é: — – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
-acho quem deve ganhar de melhor fotografia é: — A Árvore da Vida
-acho quem deve ganhar de melhor Edição de som é: – Transformers: O Lado Oculto da Lua
-acho quem deve ganhar de melhor canção original é: — Rio (pela canção Real in Rio)
acho quem deve ganhar de melhor Direção de arte é: — – O artista
-acho quem deve ganhar de melhor ducuméntário é: — – If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front
-acho quem deve ganhar de melhor Trilha Sonora original é: – A Invenção do Hugo cabret
-acho quem deve ganhar de Melhor Curta-metragem de Animação é: – Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore, The
-acho quem deve ganhar de melhor mixagem de som é: – cavalo de guerra
-acho quem deve ganhar de melhor filme curta (sem animação) é: -Raju
-acho quem deve ganhar de melhor curta ducuméntário é: –Incident in New Baghad
- Espero que o filme Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 vai ganhar 1 Oscar de Melhores Efeitos Visuais ou de Melhor Maquiagem ,porque a saga Harry potter nunca ganhou o oscar. Se o filme Harry Potter não ganhar só 1 oscar,vou ficar muito decepcionado.
- Espero que o Filme o Rio vai ganhar oscar de melhor canção original,porque se ele não ganhar,vou ficar decepcionado.
-Talvez quem vai ganhar de melhor atriz é Michelle williams ou meryl Streep
-só espero quem vai ganhar de Melhor Filme da Animação é o Gato de Botas ou Rango.
-mas quem acha que vai ganhar de Melhor maquiagem–Harry potter 7.2 ,albert nobbs ou a dama de ferro?
-E de melhores efeitos visuais,quem vai ganhar–Harry Potter 7.2, A Invenção de Hugo Cabret,Gigantes de Aço,Transformers: O Lado Oculto da Lua ou Planeta dos Macacos: A Origem?

8 de fevereiro de 2012 20:13  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial