Blogger Templates by Blogcrowds

Moviemix






Maravilhosos Filmes Ruins








Por Anabela



É isso gente! Cinema é tão bom, mas tão bom, que até quando é ruim é bom! Quem de nós não tem seus clássicos trash preferidos, daqueles que provocam riso involuntário e ainda nos deixam curiosos em saber por que diabos aqueles atores se envolveram em tamanho abacaxi? Eu, com certeza, troco qualquer filme morno, sem graça e de realização mediana por um desses clássicos que constam da lista de premiados com o Framboesa de Ouro (prêmio entregue na véspera do Oscar aos piores do ano, escolhidos pelo público que vota pela Internet).
Além de divertir, esses filmes “adoráveis” possibilitam ao amante do cinema apreciar de maneira mais eficiente boas atuações, direções e roteiros, quando se deparam com eles! São instrutivos e didáticos em sua ruindade! Assista Instinto Selvagem 2 após assistir ao 1 e entenderá perfeitamente do que estou falando. Entregue-se ao prazer de apreciar a atuação de Halle Barry em A Última Ceia e logo após assista Mulher Gato! Garanto que no mínimo essa experiência vai levar você a ficar com a pulga atrás da orelha a respeito da Maldição do Oscar. O que precisamos colocar na cabeça é que cinéfilo digno desse título, não é pedante e descobre as delícias do cinema no que ele tem de melhor e também de pior! Aqui vai uma lista de meus preferidos absolutos:

Glitter – Mariah Carrey brilha muito nessa história da pobre menina boazinha e de grande talento, que não conhece sua mãe, ambiciona ser cantora e se envolve em um romance trágico. Atuações deliciosamente constrangedoras, acompanhadas por diálogos que parecem escritos por um time de roteiristas cuja média de idade é de 6 anos. Definitivamente antológica a cena em que, após sair do show que a consagrou, a pobre menina boazinha vai encontrar sua mãe em uma casinha no meio do mato usando a mesma roupa do show, um vestido longo e justíssimo. Ao se encontrarem, como Mariah não consegue nem andar com o tal vestido, dá só dois passinhos de gueixa e a mãe corre para abraçá-la, numa das cenas mais engraçadas envolvendo figurinos embaraçosos da história do cinema.
Contato de Risco – Ben Affleck, na época noivo de Jeniffer Lopez, cometeu este filme na companhia de sua amada. Uma aloprada história sobre dois matadores de aluguel que são contratados para dar fim em um moleque com problemas mentais. Durante o serviço, Affleck se apaixona por J.Lo, que diz ser lésbica, e, em uma cena memorável, enquanto faz Yoga de maneira sexy, recita um hilário “monólogo da vagina” no qual explica ao abobalhado e babão Affleck, porque as mulheres não precisam dos homens.

Eu Sei Quem Me Matou – Lindsey Lohan, em papel duplo que lhe rendeu duas Framboesas de Ouro de pior atriz, dá show nesse thriller indescritível, cujo roteiro abilolado e lisérgico reserva várias surpresas. Destaque para a cena em que Lohan, antes de subir ao palco para realizar um strip, costura de volta o próprio dedo que acabara de cair. Para quem acha que já viu tudo em matéria de cinema.
Nunca Mais – Novamente a musa J.Lo em ação, no papel de uma dona de casa sofrida que apanha do marido, foge dele, faz um curso de artes marciais e resolve a parada na porrada. A cena final, onde os dois se encontram e lutam é de encher os olhos de lágrimas!

Destino Insólito – Esse eu faço questão de recomendar para aqueles que odeiam a Madonna. É uma oportunidade única de ver a diva pagando um mico indescritível. Apanha, passa o diabo e ainda por cima está mal fotografada! Talvez vingança do marido, o usualmente bom Guy Ritchie, que foi convencido por ela a dirigir este abacaxi. Impossível destacar uma cena só, pois todas são de altíssima qualidade, no gênero quanto pior, melhor. De todos os indicados nessa lista é o que mais provoca sentimento de “vergonha pela pessoa”, ainda mais porque a pessoa em questão é ninguém menos que a poderosa Madonna!

Descubra seus clássicos. Nada de preconceito! Garanto que você vai rir e chorar ou, para ser precisa, chorar de rir!

1 comentários:

Oi Belinha....estou aqui...eu confesso que não gosto de filmes trashes, só os involuntários....no meu momento vergonha alheia tem um monte ....uma das cenas que tenho vergonha é aquela dos Sinais com a família do Mel Gibson de chapeuzinho para chamar os ets....sofrível! Bom, todas as cenas de Guerra dos mundos do Spielberg que eu acho que deveria ganhar vários framboesas de ouro..
Confesso também que não achei o destino insólito tão ruim assim, o meu momento shame on you com a diva Madonna é de outro filme lá atrás, Corpo em evidência, uma pérola podre, mais especificamente aquela cena da vela ....o Dafoe devia estar bêbado quando aceitou aquilo, mas ainda tem a Julianne Moore.....então, vai saber!!! adorei o blog...espero até ver mais filmes para comentar, pois estou bem parado com o cinema.....beijinho pra vc e saudações para os seus colegas.Parabéns!!!!

29 de outubro de 2009 20:27  

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial